27 janeiro 2020


aqui estou, estatelado em mim. desesperado para convencer-me que estou. e sendo negado a cada segundo por uma impermanência. permanente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário